sexta-feira, 1 de abril de 2011

Ai está ela.

Como eu havia prometido.

Gostaram?

Talvez eu escreva um poema no seu telhado ou uma oração, ainda não decidi.


POEMINHO DO CONTRA.

Todos estes que aí estão

Atravancando o meu caminho,

Eles passarão.

Eu passarinho!


Mario Quintana

Um comentário:

Cezarinete disse...

Fantástica!!!! Mãe vc é demais!